Blog

Hospedagem do site

Ciclo de Vida de um Site: Hospedagem


Tecnicamente, o termo hospedagem se refere ao provimento de espaço para arquivos dentro de um computador conectado à Internet. Pelo fato de que esse computador será utilizado para "servir" arquivos, este computador será chamado de servidor. 

Assim como uma empresa pode ter um servidor interno para seus arquivos e uma série de outros computadores de trabalho que acessam este servidor, a Internet pode ser compreendida como uma extensão desta estrutura cliente-servidor.

Características do servidor

Um serviço de hospedagem pode ser descrito em termos de suas características técnicas, como sistema operacional, linguagens de programação disponíveis, banco de dados, espaço em disco, transferência de dados contratada, conectividade do servidor e em termos de características comerciais, como valor do plano de hospedagem.

Embora a escolha do mix destas características tenha importância imediata para a equipe de desenvolvimento do site, ela irá refletir também no uso final do site, em termos de velocidade e qualidade de acesso.

Ocupação do servidor

O mercado de serviços de hospedagem hoje é tão amplo e pulverizado, que poderíamos fazer uma analogia entre os serviços de hospedagem e as padarias: em cada esquina tem uma, e há pouco espaço para lucros num mercado tão apertado.

Serviços de hospedagem que cobram de R$20 a R$30 por mês são os mais comuns, havendo também ofertas quase inacreditáveis, como R$2,50/mês. Para ser possível gerar lucro, essas ofertas possuem em comum duas características que estão longe do ideal:
  1. o assinante do plano deve possuir conhecimento técnico para receber a senha de acesso e se virar sozinho
  2. é necesseario colocar uma quantidade muito grande de sites hospedados dentro de um servidor (algumas empresas colocam mais de 1000 sites dentro de um único servidor). A consequência é um servidor saturado, com baixa capacidade de servir tantos sites (leia-se baixa velocidade).
Os servidores da Opera House possuem um número limitado de sites hospedados. Não trabalhamos com serviço de hospedagem diretamente, mas hospedamos sites de clientes que fazem serviço conosco. Nossa conduta é clara: hospedamos um número limitado de sites para garantir o melhor desempenho para nossos clientes.

Segurança

A menos que o site esteja fechado e protegido por senha (o que obviamente ninguém quer), ele sempre estará em um ambiente aberto. Isso exige gestão de segurança no ambiente do servidor. Ferramentas para remoção de vîrus, firewall para filtrar acesso indesejados ou inválidos, ferramentas antispam, o estabelecimento de uma política de segurança e de acesso ao servidor são elementos fundamentais para a saúde do servidor e dos sites hospedados. A escolha de uma empresa para a hospedagem do site deve passar pela avaliação dos procedimentos de segurança adotos no servidor.

Na Opera House, a segurança dos servidores é parte de nossas regras de negócio. Nossos próprios sites são hospedados nos mesmos servidores onde se encontram os sites de nossos clientes. A segurança que fornecemos para nossos clientes é a mesma que garantimos para nosso negócio!

Software

Um bom serviço de hospedagem exige software atualizado, seja ele o sistema operacional, o próprio servidor web ou servidores de e-mail e de banco de dados, anti-vírus, etc. Não é uma questão de ter as últimas novidades, mas de estar com o ambiente mais otimizado e seguro possível.

Os servidores da Opera House utilizam software atualizado. O kernel do sistema, as assinaturas de vírus, banco de dados, linguagens de programação, entre outros softwares importantes, estão sempre sob constante monitoramento e atualização para garantir o melhor desempenho e segurança para nossos sites.

É obrigatório ter um domínio para poder hospedar o site?

Embora a existência de um domínio não seja obrigatório para ocorrer a hospedagem do site, é altamente aconselhável que a empresa faça o registro de um domínio, pois ele será sua marca na Internet.

O domínio (o nome que seque o "www") é composto de um nome da sua escolha e de uma terminação, que você pode escolher de uma lista pré definida. Esta terminação pode ser, por exemplo, ".com" para domínios internacionais, e ".com.br" para domínios nacionais.

Sem o domínio seria muito mais complicado navegar pela internet. Ao invés de digitar o endereço http://www.operahouse.com.br, por exemplo, você seria obrigado a informar um endereço numérico (o endereço IP) do servidor que hospeda o site: uma seqüência de quatro números separados por ponto (ex: 201.75.199.177). Sem o domínio, seria impraticável a memorização dos endereços.

Nossos serviços de produção de site e redesign incluem o serviço gratuito de registro de domínio, tanto nacional quanto internacional (não inclui taxa que deve ser paga ao órgão competente).

ver todos os depoimentos

Positive SSL